LADY FAZ HOMENAGEM A ALEXANDER MCQUEEN


O mundo da moda dos últimos tempos foi tombado com a ascensão do estilista Alexander McQueen, revolucionando os padrões da alta costura. Infelizmente ele se suicidou em fevereiro de 2010, depois de ter se tornado um dos nomes mais requisitados por estrelas - incluindo Lady Gaga, a qual foi vestida por ele no clipe de "Bad Romance", faixa que foi tocada pela primeira vez num desfile do moço. Celebrando sua memoria, a V Magazine publicou um texto feito pela cantora em sua homenagem.


Não há diamante, prêmio, nada que que eu queira mais do que uma lembrança da minha breve amizade com McQueen. Fico triste todas as vezes que entro no meu closet, sabendo que ele não está aqui para deslumbrar o mundo com sua linda, dark, ilimitada e corajosa mente. Esses sapatos são a única peça tangível que me resta do nosso trabalho em conjunto. Eles vieram até mim esta manhã, depois de mais um sonho que tive com ele. À medida que o sonho passa, eu entro no meu closet e as roupas dele já não estão mais lá. Eu sou torturada. A perda é profunda. Fico de luto à minha maneira constantemente - por que ele se foi? Ele era tão talentoso. Eu odeio o espaço vazio, não só na moda, mas na consciência criativa que fracassou quando ele se foi.

Essa manhã eu recebi um telefonema que agora eu seria a cuidadora de três pares Armadillo - iguais aos que eu usei no meu vídeo "Bad Romance" -, os sapatos da coleção "Plato's Atlantis" - aquela que fez todo mundo da primeira fila perder o fôlego porque eles NUNCA tinham visto algo assim antes. Me lembrei esta manhã que ele ainda está aqui. Ele está em toda parte. Em cada vitrine. Em cada coleção de varejo do comércio popular, na moda, na música, no coração de cada jovem designer que deseja ser tão livre e destemido como McQueen era. Chorei durante toda a manhã, convencida de que ele estava aqui comigo. Convencida de que eu sou amada de um lugar muito além da corpo e mente eternos, fora de todo o caos. Ele queria que eu os tivesse. Eles fizeram seu caminho de volta a mim. Eu estou aqui, hoje, não só por causa do meu talento, mas porque ele acreditou em mim. Minha marca estranha de expressão art-pop-maníaca dos meus sentimentos era uma parte de mim que ele sabia que tinha me ensinado. Serei grata por muito tempo depois que eu me for e me juntar a ele onde quer que seja que coloquem almas como as nossas. Vida longa ao McQueen.


Quinta-feira (23), Gaga adquiriu três pares das famosas botas Armadillo em um leilão beneficente para angariar fundos revertidos em ajuda para os projetos da UNICEF com as vítimas do terremoto no Nepal. As botas já haviam sido usadas por Gaga no tapete vermelho do Video Music Awards de 2010 - ocasião na qual ela foi acompanhada de ex-soldados gays norte-americanos em forma de protesto da lei (então em vigor) "Don't Ask, Don't Tell".

Nenhum comentário:

Postar um comentário